felizes [vão os] dias

by 23:22 0 comentários
Alguém disse no outro dia que quando (nos) damos aos outros e à vida, acabamos por receber sempre em igual ou maior proporção o que demos - hoje conheci essa pessoa. Nos últimos tempos deixei de acreditar em tanta coisa. Deixei de sonhar como sonhava. Deixei de confiar nas minhas capacidade como confiava, mas cada vez acredito mais que as pessoas certas tornam todos os momentos únicos, e eu estou rodeado delas. A vida hoje sorriu-me, pregou-me uma partida das boas, mostrou-me como o destino é mais certo que chuva em Abril. Hoje foi um dia feliz. E feliz vou eu com um sorriso na cara, mala ao ombro e casaco comprido. Hoje podia ter voltado a acreditar e não voltei. Mas porra, ao menos sou feliz!

sem pseudónimo

18. Nascido em terras Alentejanas. Um apaixonado pela vida que tem a mania que escreve uma coisas.

0 comentários:

Enviar um comentário